domingo, 28 de fevereiro de 2010

O desconhecido

Não sei quem és, nunca te olhei nos olhos nem ouvi a tua voz, nem mesmo te vislumbrei ao longe mas gostei do que o vento me sussurrou ao ouvido sobre ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário