terça-feira, 30 de março de 2010

Chá das cinco

O chá nunca foi bebida da minha eleição, achava que era apenas uma porção de água com sabor a ervas. Há uns anos uma colega de trabalho ofereceu-me uma caixa de chá, do verde aos ingleses a diversidade era grande. Infeliz ideia oferecer uma caixa de chá a quem não gosta do mesmo.
Inicialmente pensei desfazer-me da caixa da mesma forma que algumas pessoas fazem com os presentes que desgostam, oferecê-la no Natal seguinte. Pode não ser o mais correcto mas dessa forma alguém iria degustar as variedades de infusão ofertadas.

Certo dia olhei para a caixa e pensei "se experimentasse um, pode ser que goste!". Assim foi, com algumas reservas iniciei a prova tal qual um enólogo com um vinho da melhor casta, cheirar, analisar a cor, beber um pouco, sentir o sabor.


Aos poucos fui apreciando a mistura das ervas com a água. Confesso que está longe de ser a minha bebida preferida mas conquistou um lugar nos meus hábitos de tal forma que, só ou acompanhada, gosto de fazer uma pausa a meio da tarde para beber o chá das cinco.

1 comentário:

  1. ahahahaha, tb eu...nunca gostei de chá...só alguns, especiais de corrida!

    ResponderEliminar