terça-feira, 13 de abril de 2010

Destinos

Passamos parte da vida à procura de caminhos, que por vezes não se encontram. Percorremos ruas e avenidas, becos e ruelas à procura saídas  ou apenas caminhos alternativos.

Quando as alternativas, as saídas ou que mais queiramos chamar aparecem nem sempre sabemos dar o passo em frente, rumo ao desconhecido.
O medo de arriscar num percurso desconhecido reduz todo o desejo de algo novo num sentimento de sofrimento antecipado, de decepção, de angústia e de tristeza.

Quero escolher o meu caminho sem medo, sem sofrimento antecipado, sem castelos de areia.



                    * foto de Mike

Sem medo escolho subir estas escadas contigo.

Sem comentários:

Enviar um comentário