sábado, 17 de abril de 2010

Urgência

Passamos dias, meses e anos focados em realizar, ter, ganhar, fazer.
Vivemos dia a dia com tanta pressa que não sabemos parar para apreciar o que temos.
Andamos obcecados em ter e fazer cada vez mais sem olhar à nossa volta e descobrir se o que ambicionamos é de facto importante.
Desvalorizamos tudo o que é dado como adquirido até ao momento em que alguma casualidade ou fatalidade abala a nossa frágil realidade.

Tenhamos mais paciência e menos urgência.

Sem comentários:

Enviar um comentário