segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Ignorância ou não, eis a questão!

Cada vez mais me choca a estupidez e pequenez das pessoas, os preconceitos e ideias feitas que moldam a visão que têm da realidade. Choca de tal forma que por vezes apetece-me sair do meu estado de "low profile" e "armar o barraco". Hoje foi um desses dias.

Em trânsito numa superfície comercial utilizei as escadas rolantes, à minha frente iam duas "criaturas" - talvez seja demasiado correcto apelida-las como tal - e dada a proximidade foi inevitável ouvir a conversa de um para o outro.  O tema era um "clássico", beleza das mulheres versus o seu grau de inteligência

Um dos magníficos idiotas bradava para o outro que "não há mulheres bonitas e inteligentes, se são bonitas são burras, se são inteligentes são feias que nem uma porta", e continuava a repetir a mesma "lengalenga". Naquele momento fui dominada por uma súbita vontade de o esbofetear e fazê-lo sair do estado de ignorância, da sua pequenez e estado de desenvolvimento limitado.

Tendo em conta o ponto de vista dele ainda não sei se escolho ser inteligente ou bonita, as duas nem pensar!

O pensamento faz a grandeza ou a pequenez do homem.
Este definitivamente é muito pequeno.

Sem comentários:

Enviar um comentário