quarta-feira, 9 de março de 2011

A Parábola do Cavalo

Era uma vez, uma quinta, na qual o seu proprietário, João, lutava com muitas dificuldades na árdua tarefa da agricultura e manutenção da propriedade. Ele possuía alguns cavalos para o ajudar nos trabalhos da sua quinta. Um dia, o seu feitor, veio trazer a notícia de que um dos cavalos havia caído num velho poço abandonado.


O poço era muito profundo e seria extremamente difícil retirar o cavalo de lá. João foi rapidamente até o local do acidente. Após avaliar a situação, certificou-se que o animal não estava magoado. Contudo, a dificuldade e o alto custo para o retirar do fundo do poço, concluiu que não valia a pena investir na operação de resgate do animal. Então, após reflectir, tomou uma decisão difícil: Determinou que o feitor sacrificasse o animal, a jogar terra no poço até estar soterrado.

E assim foi feito: Os empregados, comandados pelo feitor, começaram a lançar terra para dentro do poço, por forma a cobrir o cavalo. Mas, à medida que a terra caía no dorso do animal, este a sacudia, e no fundo a terra ia se acumulando e possibilitando ao cavalo subir lentamente.

Logo, os empregados e o feitor, compreenderam que o cavalo não se deixava enterrar, mas, ao contrário, estava a subir à medida que a terra enchia o poço, até finalmente conseguir sair!

Cada qual teve um momento, na vida, similar ao do cavalo… por vezes precisamos quem nos ajude a sair do poço.



 

Sem comentários:

Enviar um comentário