quarta-feira, 13 de março de 2013

Inspira, expira, relaxa

Ando preocupada, sem que a mesma seja uma pré-ocupação.
Creio que cada vez mais portugueses sofrem de uma patologia grave, muito grave mesmo, "complicometrite". Já pensei até que poderá haver uma epidemia pelo número crescente de casos com os quais tenho lidado.
É preocupante, frustrante e muitas mais palavras acabadas em ante o quão difícil possa ser a relação com alguém afectado por tal doença. Somos literalmente abalrroados por uma panóplia de pseudo-argumentos que baralham, voltam a dar, baralham novamente para no final voltarmos ao mesmo.


A expressão "keep it simple", devidamente traduzida para a língua de Camões, deveria ter honra de Estado nas empresas, nas escolas, na vida em geral. Poderia ser que ajudasse a curar, ou pelo menos a diminuir os sintomas destes doentes.

No final só me resta dizer: "Inspira, expira, relaxa... inspira, expira, relaxa...inspira, expira, relaxa"


Sem comentários:

Enviar um comentário