quarta-feira, 30 de julho de 2014

O amor acontece quando desistimos de ser perfeitos...


"Deixa-me olhar-te com força, apertar-te, consumir-te no interior do olhar. Deixa-me olhar-te para sempre, deixas?"

"Todos devíamos nascer nos braços da pessoa com quem vamos morrer. Por uma questão de economia de esforços. Para começarmos, de imediato, a ganhar o tempo."



in "Prometo Falhar", de Pedro Chagas Freitas.


Sem comentários:

Enviar um comentário